“Dionísio não é o Salvador da Pátria; Está querendo aparecer”, diz André Graça


Durante a sessão na Câmara de Vereadores de Estância, nesta quarta-feira, 02, o presidente da CVE, vereador André Graça,  fez duras críticas ao vereador Dionísio Neto, autor do PL 74/2018 dizendo que o edil fez politicagem para autopromover-se, já que a chamada “ideologia de gênero” já havia sido banida desde 2015, através da emenda modificativa nº 1.

“Dionísio não é o Salvador da Pátria, fui eu, Artur, Misael, Sérgio da Larissa, Pedro Benjamin, Tito, Cristóvão, Tertuliano e Zé da Paz que derrubamos a ideologia de gênero das escolas., esqueceram?”, disse André.

O edil falou ainda que ser a favor do PL 74/2018 é  desfazer o que foi feito no seu mandato na legislatura passada e disse ainda aos pares que votassem de acordo com a própria consciência, no entanto, o próprio André se absteve na votação do veto do prefeito Gilson Andrade, que foi derrubado por 9 votos a 4 e 2 abstenções.

Após a proclamação do resultado o vereador Dionísio Neto, iniciou um cântico religioso no plenário e teve o microfone retirado das mãos pelo presidente André Graça.

A maioria dos votos favoráveis ao veto tinham nos discursos a pluralidade e o respeito. Já os votos contrários ao veto tinham a família como lema.

 

Veja como votaram os vereadores:

Contra o veto do Prefeito Gilson Andrade

  • Misael Dantas
  • Dionísio Neto
  • Zé da Paz
  • Chica do Fato
  • Pedro Benjamin
  • Edivaldo da Praia
  • Sérgio da Larissa
  • Dode
  • Sandro de Bibi

A favor do veto do Prefeito:

  • Artur Nascimento
  • Cristóvão Freire
  • Tito Magno
  • Tertuliano Pereira

Abstenção:

Léo de Fá

André Graça

 

 

Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta