Fachin retira sigilo de áudio da JBS


Ministro liberou acesso à gravação de conversa entre os delatores Joesley Batista e Ricardo Saud sob a justificativa de que o conteúdo é de interesse público

BRASÍLIA – O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu tornar pública a gravação do diálogo entre delatores da JBS em que são citados ministros do Supremo. O áudio da conversa de quatro horas entre os delatores Joesley Batista — dono da JBS — e Ricardo Saud, executivo do grupo, foi analisado por Fachin, que resolveu pelo fim do sigilo, sob a justificativa de que o interesse público deve prevalecer.

Fachin diz que há “expressa prevalência ao interesse público, quando em choque com a intimidade, nesse contexto”. “Quanto ao sigilo, anoto que se trata de conversa gravada e disponibilizada pelos próprios interlocutores, razão pela qual nenhuma dúvida remanesce a respeito da licitude da captação do diálogo e de sua juntada aos autos como elemento de prova”, disse Fachin na decisão.

FONTE: http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/fachin-retira-sigilo-de-audio-da-jbs/

Deixe uma resposta