Greve geral: servidores decidem paralisar dia 19


Medida foi adotada por trabalhadores vinculados ao Estado

Os servidores públicos do Estado de Sergipe vão aderir à Greve Geral e paralisar as atividades no dia 19 de fevereiro, quando deve ser votada a Reforma da Previdência pela Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada no ato unificado realizado nesta segunda-feira, 5, na Praça da Bandeira, em Aracaju. O resultado da votação foi confirmado pelo Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase) e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica de Sergipe (Sintese).

De acordo com os sindicatos, os próximos passos do movimento paredista devem ser decididos nos próximos dias, em assembleias individuais.

No ato de hoje, estiveram em pauta a valorização dos trabalhadores, os atrasos das remunerações e a solicitação de transparência nas contas públicas do Governo do Estado. Cruzes foram espalhadas pelo local como forma de protesto ao parcelamento do pagamento dos aposentados.

Procurada, a Secretaria de Estado do Planejamento (Seplag) se posicionou dizendo que a mobilização é um direito dos servidores.

por Jéssica França

 

Fonte: Infonet

Deixe uma resposta