Márcio Macedo: Sergipe fará a festa mais bonita para Lula do Nordeste


A caravana “Lula pelo Brasil” chegou a Sergipe na tarde deste domingo (20). O primeiro ato com a presença do ex-presidente ocorreu em Estância, onde ele foi homenageado com a medalha do mérito parlamentar e com o título de cidadão estanciano. Milhares de pessoas acompanharam o evento. O governador Jackson Barreto, a vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino, além de deputados federais e estaduais, vereadores e prefeito participaram do ato.

O coordenador da caravana e vice-presidente nacional do PT, Márcio Macêdo, comemorou o início da viagem no Estado. “Sergipe recebe Lula com este mar vermelho de gente, com muita emoção e alegria. Eu sabia que Sergipe não ia falhar. O menor Estado da federação vai fazer a festa mais bonita para Lula”, afirmou. “Estância é uma cidade com base operária, com uma classe trabalhadora organizada e politizada, que recebe Lula com muito carinho”, reforçou.

Ele reiterou o objetivo central da caravana: “Lula é o nosso líder, um grande líder, que se alimenta da inspiração do povo. Por isso, ele está rodando o Brasil, para conversar com a sua gente”. Márcio ainda fez referência a Marcelo Déda e a José Eduardo Dutra, já falecidos. “Tenho certeza que eles estão do céu aplaudindo este momento”, afirmou.

O ex-presidente iniciou o seu discurso lembrando de Déda, Dutra e da sua esposa, Marisa Letícia, também já falecida. “Déda era brilhante, uma pessoa incrível. Foi prefeito, foi governador, é alguém inesquecível. Zé Eduardo Dutra foi um dos melhores senadores do país e um grande presidente da Petrobras. Ao falar deles, lembro também de Marisa”, afirmou ele emocionado.

Lula também expressou a importância do governador Jackson Barreto para o seu campo político. “Ele teve a coragem de ficar ao lado da Dilma durante o impeachment. Hoje, Sergipe está passando a pão e água, porque o governador teve coragem de ser contra Temer e o golpe”, salientou.

“Caravana para discutir sonhos”

Ao falar da caravana, ele disse que resolveu fazer a viagem para “conversar, aprender com o povo e discutir sonhos e esperança”. “Resolvi fazer essa caravana, repetindo um pouco o que habitualmente fazemos: visitar o Brasil e ver o que aconteceu de bom, de ruim e o que esta sendo desfeito. Tenho consciência do que fizemos por Sergipe e de que nunca este Estado teve presidente que tratou Sergipe como eu e Dilma tratamos. Vocês sabem quantas universidades tinham antes e agora, quantos alunos e alunas o Fies colocou na escola e quantas pessoas pobres da periferia estão na universidade por causa do Prouni? Resolvi viajar para rever vocês, conversar, aprender com vocês e discutir sonhos e esperança. Não é possível uma sociedade evoluir, melhorar de vida se não tivermos sonhos. E na hora que construímos sonhos, temos que ter caminhada para tornar nosso sonho realidade”, afirmou.

Para Lula, os que governam o país hoje “não suportam” os avanços obtidos durante os governos petistas. “Colocaram um tal de Temer e o povo não tem esperança. Ele e seus aliados não sabem governar e não suportam o fato de termos criado 22 milhões de empregos com carteira assinada. Não nos suportam porque os pobres passaram a ocupar o aeroporto, não nos perdoam porque o pobre passou a frequentar o shopping mais chique, porque o povo passou a comer sobrecoxa, coxa e peito de frango. Não nos perdoam porque as pessoas mais humildes começaram a comprar carro, computador e celular. Não nos perdoam porque nós, com a criação das universidades e Prouni, levamos o filho do trabalhador rural para ser advogado, a filha da empregada para ser médica. Eles acham que ainda temos que viver no tempo da senzala. Nós não queremos mais isso. Vivemos para melhorar nossa vida e sonhar”, ressaltou.

Mais ao fim do seu discurso, Lula falou da possibilidade de ser candidato a presidente em 2018. “Quero que vocês saibam que vamos continuar lutando. Não sei se poderei ser candidato, mas quero que eles saibam que o povo é quem vai decidir se serei candidato ou não. Se vocês disserem sim, ficarei com as canelas magras defendendo a honra do povo e mostrando que esse país pode crescer”, disse.

“Irmão do povo sergipano”

O presidente do PT de Sergipe, Rogério Carvalho, destacou a importância de Lula para os brasileiros. “Estamos recebendo um homem que elevou a autoestima do Brasil. Nós, brasileiros, que éramos vistos no mundo como povo de cabeça baixa, vimos isso mudar com o presidente Lula. Nos tornamos a sexta economia do mundo, conseguimos ser um país que interferia nas relações internacionais, e esse presidente foi considerado o maior líder do mundo. Estamos muito felizes em recebê-lo em Sergipe”, disse.

O governador Jackson Barreto elencou as ações dos governos de Lula em Sergipe. “Lula, estamos aqui para dizer que Sergipe agradece por tudo que você fez pelo Estado. Lula foi o homem que trouxe a Educação para o nosso povo, levando a Universidade Federal de Sergipe e os institutos federais para o interior. Eu, como governador, estou aqui para dizer: seja bem vindo.Você é mais que amigo, é irmão do povo sergipano”.

Próximos dias

A caravana “Lula pelo Brasil” continua em Sergipe até terça-feira (22). Nesa segunda, ele visitará Lagarto, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória. No último dia, o ex-presidente participará de ato em Aracaju. Depois seguirá para os municípios alagoanos. A viagem de Lula começou pela Bahia na última quinta-feira (17) e só se encerrará no dia 5 de setembro, no Maranhão.

Fontes: Ascom-PT/SE e NE Notícias

Deixe uma resposta