Para Maia, presidencialismo é um sistema de sucessivas crises


“Se a gente conseguir avançar no distrital misto, isso pode gerar condições para que a gente pense no parlamentarismo, que eu sou a favor”.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defende claramente à mudança do sistema presidencialista pelo parlamentarista. Segundo ele, o país não suporta mais o excesso de crises envolvendo presidentes, foi assim no impeachement da ex-presidente Dilma Housseff e agora com o presidente Michel Temer. Para Maia, se a reforma política for aprovada, num breve momento uma alteração do sistema poderá ser feita no Brasil.

De acordo com Maia, a mudança no sistema eleitoral atual é urgente. Na visão dele, o sistema proporcional está falido e é o pior de todos.  “Acredito que o distritão renova mais que o proporcional, apesar dos analistas acharem o contrário.” Maia falou ainda que está colocando o distrital misto para às eleições de 2022, e que o mesmo, está consolidado em uma das maiores democracias do mundo que é a da Alemanha, uma democracia parlamentarista.

Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta