Senador Aécio Neves foi reduzido a pó, dentro do PSDB


Doria dá ‘apoio total’ a Marconi Perillo para presidir PSDB.

Apesar das pressões feitas pelo grupo do Senador Aécio Neves, para que o presidente interino do PSDB, Senador Tasso Jereissati, deixe o comando do partido. Um ala, que é totalmente à favor do rompimento da sigla com o governo Temer, quer que Jereissati continue no comando partidário após as convenções definitivamente.

Já o prefeito de São Paulo, João Doria, apoia o Governador de Goiás, Marconi Perillo, para presidir o partido, visto a ótima relação com o mesmo. Doria aposta, que com Perillo, suas chances de ser o escolhido para o pleito de 2018 são boas.

Tasso Jereissati não esconde de ninguém que o seu apoio é pelo nome do Governador Geraldo Alckmin, a quem acredita estar mais preparado para unificar o partido e uma possível disputa duríssima com o ex-presidente Lula.

Pelo visto, o nome do Senador Aécio Neves, está a cada dia sendo esquecido pelos correligionários.

Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta