Cordel: Setembro Amarelo


Setembro Amarelo

💛💛💛💛💛💛💛
Pra começo de conversa
Vamos logo entender
Que a tragédia do suicídio
Não podemos esquecer
Vem de diversos fatores
Vamos agora conhecer
💛💛💛💛💛💛💛

Seja transtorno mental
Ou psicológico pode crer?
A tal da esquizofrenia
Ansiedade é adoecer
E a danada da depressão
Essa veio pra enlouquecer
💛💛💛💛💛💛💛

Se atentem aos sinais
Prováveis de perceber
Pra quando num amigo
Começarem aparecer
Tu ser logo prestativo
Fazendo desvanecer
💛💛💛💛💛💛💛

Perceba quando a pessoa
Começar logo a dizer
Que não merece tá vivo
Nem tem razão pra viver
Sente que só atrapalha
Ou só faz aborrecer
💛💛💛💛💛💛💛

Prefere o isolamento
Sem ninguém querer ver
Perdendo todo interesse
Naquilo que já deu prazer
Se sentindo rejeitado
Querendo desaparecer
💛💛💛💛💛💛💛

Você pode se perguntar
Mas o que devo dizer
É nisso que tá o segredo
Vou fazer transparecer
Vc deve é escutar
E atenção oferecer
💛💛💛💛💛💛💛

Cuidando uns dos outros
É possível reverter
O simples ato de ouvir
Serve pra restabelecer
Estreitando os laços
Só nos faz engrandecer
💛💛💛💛💛💛💛

Sigo usando da arte
Pra sempre enaltecer
Cordel tbm é informação
Cultura de enriquecer
E revestido de amarelo
Pra juntos resplandecer.
💛💛💛💛💛💛💛

Academia Sergipana de Cordel
Daiene Sacramento
Estância/Se
💛💛💛💛💛💛💛

4 comentários “Cordel: Setembro Amarelo

  1. DIOGO SOUZA GOMES disse:

    Parabéns Daiene!

  2. ADRIANO CUNHA DE SANTANA disse:

    Parabéns pela sensibilidade de divulgar ensinando!!! Muito bom o texto e o tema!

  3. LEDA aNFRADE disse:

    parabéns, Daiene!
    Excelente reflexão!

  4. Allycia Chesquini disse:

    é tão bom que vou copiar ele

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.