Nem ela, nem ele


É mais que notório o dilema em que vive o prefeito Gilson Andrade (PSD) sobre quem será de fato o vice na chapa neste pleito eleitoral.
De acordo com uma fonte anônima, o ex-prefeito Ivan Leite, confidenciou a uma pessoa em Umbaúba/SE, que poderá surpreender na composição de chapas nas eleições de 2020 e que estaria disposto a abdicar da indicação de Adriana Leite, atual vice-prefeita, caso houvesse um nome de consenso ao grupo. Ao que parece, André Graça, que aparentemente é o preferidinho do prefeito Gilson, não seria um nome de consenso para Ivan.
A fonte falou ainda, que o nome que Ivan poderá propor a Gilson é o do vereador Misael Dantas (PSC). Todos sabem dos atritos que Ivan  e Misael travaram em 2018 quando da retirada da pré-candidatura do vereador Misael  a deputado estadual com o objetivo de favorecer única e exclusivamente a pré-candidatura da vice-prefeita Adriana Leite. Esta teria sido a condição imposta por Ivan Leite para que o mesmo deixasse o grupo de Belivaldo Chagas e fosse ser candidato a vice-governador na chapa de Eduardo Amorim. Na época o vereador Misael Dantas ficou muito chateado e chegou a dizer nos quatro cantos da cidade: “Eu sou o porco sacrificado para saciar a vontade do rei”, se referindo a Ivan. Já em meados de 2019 Misael chegou a falar na Live Prosa Entre Amigos com Dominguinhos Machado, que se o prefeito Gilson Andrade fosse repetir a chapa GILSON/ADRIANA, o mesmo não ficaria no grupo, devido às mágoas que tinha com Ivan Leite.
Mas a política não é uma reta, existem curvas e nuances que tornam tudo possível. Caso se confirme, aquele sacrifício de Misael em 2018, poderá lhe dá o acento na cadeira de vice-prefeito. Mas a pergunta que não quer calar é: Gilson Andrade estaria disposto a sacrificar André Graça? Não é preciso muito esforço para observar que André Graça parece ser o atual vice-prefeito. Todos os eventos, ambos são clicados juntos como se fosse realmente a dupla de chapa.
Winston Churchill já dizia que “não existem aliados na arte de governar, só interesses em comum”. Ao que parece esse jogo de gato e rato está chegando ao fim… Outra fonte anônima disse à Redação do Entre Notícias que o presidente da Câmara de Vereadores, André Graça quer a definição até o dia 31/03 e caso o prefeito Gilson não se defina até essa data, André poderá procurar outras opções.
Todo esse balaio de gato é assistido de camarote por Márcio Souza e seu fiel aliado e orientador Carlos Magno que não se cansa de dizer que Gilson Andrade já está perdido. Dizer que o prefeito Gilson Andrade já está perdido é pura soberba, porque sabemos que a eleição ainda está indefinida. Afinal a pré-candidatura de Dominguinhos do PT têm ganhado musculatura tanto na adesão de lideranças como nas ruas.
Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.