Edvaldo diz que Valadares não quis recebê-lo e senador contesta. Quem está mentindo?


Na manhã de ontem, 22, em entrevista a Gilmar Carvalho e Marcos Couto (MIX FM, Atalaia e Cidade AM, de Simão Dias), o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) disse que, na luta pela liberação da emenda de R$ 63 milhões, só não foi recebido pelo senador Antonio Carlos Valadares (PSB).

Edvaldo disse que foi recebido por toda a bancada de deputados federais, inclusive Valadares Filho (PSB), e pelos senadores Eduardo Amorim (PSDB) e Maria do Carmo (DEM).

À tarde, o senador enviou mensagem via WhatsApp para o jornalista Gilmar Carvalho assegurando que não foi procurado em seu gabinete por Edvaldo: ¨Edvaldo não apareceu em meu Gabinete nem para agradecer-me, como seria normal, acho que, com medo da indagação que eu iria lhe fazer, com certeza gravada por jornalistas, sobre uma caluniosa acusação durante a campanha, de que estaria em curso uma “organização de quadrilha” para assaltar a prefeitura de Aracaju, com a pretensa participação do deputado André Moura, caso Valadares Filho ganhasse a eleição de Aracaju. Mais uma mentira deslavada de Edvaldo que foi usada de forma criminosa pra ganhar a eleição¨.

No início da noite, na última parte do programa Cidade Alerta Sergipe, na TV Atalaia, Edvaldo voltou a dizer que só não foi recebido pelo senador: ¨Liguei para o gabinete, conversei com a secretária, fui ao gabinete, me disseram que ele não estava. Na volta a Aracaju, no mesmo avião encontrei Valadares, que me disse que não me recebeu porque estava em uma reunião. Deve ser porque, para Valadares, reunião é mais importante do que receber o prefeito de Aracaju¨.

 

Fonte e texto: NE Notícias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.