EMPREGADOS DO HRAM ACEITAM RECEBER SALÁRIOS ATRASADOS EM DEZ PARCELAS


Os empregados do Hospital Amparo de Maria (HRAM), de Estância, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), decidiram por aceitar a proposta da gestão do hospital de receber o pagamento de salários atrasados de 2019 e do décimo terceiro salário de 2018, em dez parcelas. A deliberação ocorreu nesta segunda-feira, 10, durante Assembleia Geral Extraordinária, através da plataforma virtual Zoom.

A condição da decisão na assembleia, que contou durante um período com a presença do interventor do HRAM, Paulo Roberto Daltro, é que os pagamentos sejam feitos diretamente na conta dos empregados ativos do hospital e os que já foram demitidos o pagamento seria feito na conta do sindicato que faria o repasse seguindo o direcionamento da Justiça.

O departamento jurídico do Sintasa informa que ainda existe um saldo que será discutido em momento posterior, provavelmente, adotando uma metodologia parecida. Agora, haverá outra audiência nesta quinta-feira, 13, quando será apresentada oficialmente a juíza do processo a decisão desta assembleia.

“O Sintasa irá acatar a deliberação da categoria. Vamos trabalhar para que a juíza possa homologar este acordo já que tanto a parte do trabalhar como do interventor entrou em consenso e aceitou a proposta. A expectativa é que a partir de setembro comece ser paga as parcelas correspondentes”, explica Augusto Couto, presidente do Sintasa.

Informações e foto Sintasa

Fonte: FAXAJU

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.