Secretário de Aracaju deixa de trabalhar para fazer campanha para deputado


É grande o descontentamento dos servidores da Controladoria do Município de Aracaju (SE). O problema é que o órgão é chefiado politicamente por um pré-candidato a deputado federal, Alexandre Figueiredo. Ele é filiado ao PMDB e filho do secretário de Estado do Governo, Benedito Figueiredo, que também comanda a Fundação Ulysses Guimarães.

Usando do prestígio do pai, o secretário de Controle Interno de Aracaju tem feito visitas ao interior e até proferido palestras em nome da FUG. O problema é que essa agenda acontece em pleno horário de expediente na prefeitura. No dia 31 de outubro, uma terça-feira normal como qualquer outra, em vez de estar na Controladoria, Alexandre proferia uma palestra na cidade de Maruim, e tudo com direito a postagens nas suas redes sociais.

Na mesma cidade, dessa vez no dia 26 de outubro, em horário de expediente, ele postou uma visita que fez acompanhado do pai, do vice-prefeito e do padre, à Igreja Matriz. Segundo o secretário municipal postou em uma rede social, “discutimos meios de viabilizar recursos para reformá-la”.

Para completar a revolta dos servidores, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) não conseguiu pagar a todos os servidores dentro do mês trabalhado, incluindo os que trabalham na Controladoria. Enquanto isso, o secretário anda fazendo campanha pelo interior de Sergipe. Resta saber se Edvaldo tomará alguma providência contra o secretário gazeteiro.

 

Fonte e texto: NE Notícias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.