Estância é o segundo município que mais fechou postos de trabalho em julho/2022


Análise realizada pelo Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), com base nos dados do Novo Cadastro Geral de empregados e desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Previdência, revelou que houve saldo positivo de 830 vagas de emprego com carteira assinada no estado, em julho deste ano. O saldo decorre da diferença entre 9.379 admissões e 8.549 desligamentos, no período analisado.

Emprego por grupamento de atividades econômicas em julho/2022

A análise dos dados apontou que, em julho, houve abertura de vagas em quase todos os sete grupamentos de atividades econômicas do estado, sendo a exceção o grupamento de Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, ao registrar fechamento de 99 postos de trabalho. Dentre os que apresentaram abertura de novos postos de trabalho, destacou-se o de Serviços, com abertura de 286 vagas. Em seguida ficaram os grupamentos de Construção (+261); de Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas (+187 vagas); Indústria de Transformação (+82 vagas); Outras Indústrias (+61 vagas) e Administração pública, defesa e seguridade social, saúde humana e serviços sociais (+52 vagas).

Desempenho dos Municípios em julho/2022

Dentre os municípios sergipanos, Nossa Senhora do Socorro registrou a maior criação de vagas de trabalho, no mês analisado, com 291 postos de trabalho criados, seguido de Itabaiana (+229 vagas), Lagarto (+188 vagas) e Frei Paulo (+135 vagas).

Os municípios que registraram maior número de fechamento de postos de trabalho foram Japoatã (-124 vagas), Estância (-108 vagas) e Aracaju (-95 vagas).

Fonte: Rita Oliveira

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.