Governo de Sergipe mantém decreto, mas anuncia possibilidade de flexibilização


As ações restritivas e de distanciamento social em Sergipe serão prorrogadas até o dia 8 de junho, conforme estabelecido em um novo decreto anunciado nesta segunda-feira, 1º, pelo governo do Estado. Apesar de manter as medidas, o governador Belivaldo Chagas anunciou uma reunião para a próxima quinta-feira, 4, onde será discutida a possibilidade de flexibilização e de retomada da economia sergipana a partir do dia 15 de junho.

Um dos fatores que motivaram a possibilidade de discutir a retomada da economia, conforme o governador, é a ampliação do número de leitos no Estado, já que foram criados 39 na semana passada e outros 54 devem criados em até 20 dias. Ainda segundo o governador, por meio de novos respiradores, que deverão chegar nos próximos dias, serão criados 10 leitos de estabilização na rede municipal de Aracaju.

“Nós vamos prorrogar por mais 8 dias, mas devo adiantar aqui que essa semana será de discussões com alguns segmentos da sociedade para que a gente possa apresentar uma previsão do nosso Plano de Retomada da Economia. Graças a Deus, conseguimos avançar no que diz respeito a quantidade de leitos que nós estamos colocando à disposição da sociedade para atendimento dos pacientes que venham a necessitar de leitos.  Amanhã, fecharemos a nossa proposta de retomada, na quinta partiremos para ouvir sugestões e a partir daí a possibilidade de na segunda-feira (08), a gente já comunicar à sociedade o que estaremos flexibilizando”, disse o governador.

O governador chamou atenção para os baixos índices de isolamento social em todos os municípios de Sergipe. “A população não está colaborando. De novo, é preciso explicar que quando a gente pede que fique em casa, quando a gente defende o isolamento, é exatamente para evitar o crescimento da contaminação e não termos notícias de pacientes procurando leito de UTI”.

Comitê Gestor de Retomada Econômica

Belivaldo anunciou também a criação do Comitê Gestor de Retomada Econômica (COGERE) responsável por monitorar, avaliar e deliberar sobre as medidas constantes do plano de enfrentamento e retomada de atividades econômicas do Estado de Sergipe. O COGERE será convocado pelo governador do Estado para realização de reuniões semanais ou quinzenais, a depender da realidade sanitária e econômica, competindo-lhe discutir e deliberar sobre todas as propostas de controle do distanciamento social em razão da pandemia.

O Comitê Gestor de Retomada Econômica será presidido pelo Chefe do Executivo. Integram o grupo representantes da Secretário de Estado Geral de Governo – SEGG; Secretária de Estado da Saúde – SES; Secretário de Estado da Fazenda – SEFAZ; Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia – SEDETEC e o Procurador Geral do Estado – PGE.

O Comitê conta também com representante indicado pelo Fórum Empresarial de Sergipe; um representante indicado pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais de Sergipe; um indicado pela FAMES – Federação dos Municípios do Estado de Sergipe e um representante indicado pela FECOMSE – Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe.

Por Verlane Estácio com informações da ASN

Clique aqui para conferir o decreto na íntegra.

Fonte: INFONET

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.