Ministro Márcio Macêdo destaca realizações do Governo Federal e da Secretaria-Geral em entrevista


 

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo, concedeu uma entrevista na manhã desta segunda-feira (27), ao jornalista Narcizo Machado, no Jornal da Fan, da rádio Fan FM, de Aracaju (SE), ocasião em que destacou a atuação do Governo Federal nestes primeiros meses do governo, prestes a completar 100 dias, em 10 de abril.

O ministro ressaltou a atuação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos três primeiros meses de governo, com entregas importantes e retomada de conhecidos programas, como o Minha Casa, Minha Vida, o Mais Médicos, o Bolsa Família e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Foi retomado o Minha Casa, Minha Vida, que tem mais de 400 obras de habitação paradas. Foi retomado o Mais Médicos, que também é muito importante para o País. Voltou o Bolsa Família, um compromisso de campanha do presidente, com um valor adicional de R$150 para as crianças com idade abaixo de seis anos.

Acabamos de relançar o Programa de Aquisição de Alimentos, para beyoğlu escort fortalecer a agricultura familiar e levar comida de verdade, digna e de qualidade às escolas, fortalecendo os produtores rurais do Brasil, sobretudo a cultura familiar que leva para a mesa dos brasileiros mais de 70% do que nós consumimos”, afirmou.

Macêdo destacou ainda as ações do governo voltadas às mulheres e aos povos originários, como os Yanomami. “Nós tivemos uma atividade no mês da mulher, com um investimento de R$ 372 milhões em segurança para esta faixa da população”, disse o ministro, citando a retomada da central 180, a entrega de 40 unidades de Casas da Mulher Brasileira e a distribuição gratuita de absorventes.

O ministro lembrou também a recente crise humanitária em terra Yanomami, com a morte de 527 crianças por desnutrição e contaminação por mercúrio, e destacou a força-tarefa do governo federal para esse povo. “Estava em curso no País um genocídio dos yanomamis! Foi retomado o processo de levar dignidade, levar cidadania a esse povo, a partir de uma operação de guerra envolvendo as Forças Armadas, a Saúde, a Ação Social, para recuperar a situação em que se encontram os índios Yanomami”, afirmou.

PARTICIPAÇÃO SOCIAL

Sobre sua atuação à frente da Secretaria-Geral da Presidência da República, o ministro explicou sua missão de reestruturar o processo de participação social no governo. Macêdo lembrou ações como a retomada do Consea – Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, de políticas para a juventude, a recriação do programa Pró-catador, a criação do Conselho de Participação Social e a estruturação do processo de orçamento participativo.

“Nós estamos reestruturando todo o processo de participação social no País. Estamos resgatando o protagonismo dos catadores na cadeia produtiva da reciclagem, para que eles possam ter incentivos dos bancos. Estamos estruturando políticas para a juventude, trabalhando para reeditar, com uma visão mais progressista e social e um projeto importante chamado Juventude Negra Viva, para combater o assassinato de jovens negros nas periferias das grandes cidades brasileiras”, destacou.

O ministro informou ainda que, em parceria com a ministra Simone Tebet, do Planejamento e Orçamento, a SG prepara uma proposta de planejamento participativo, que será apresentada ao presidente Lula ainda esta semana. “A partir da próxima semana já vamos ter reuniões interconselhos. Vamos beşiktaş escort rodar o País fazendo plenárias para ouvir a população, para que as impressões digitais do povo possam estar presentes nas políticas públicas do Estado brasileiro”, informou.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.