Prefeitura de Cristinápolis realiza Conferência de Cultura e prefeito Sandro de Jesus reafirma compromisso com políticas culturais


A Prefeitura Municipal de Cristinápolis realizou na última sexta-feira, 27, a 2ª Conferência Municipal de Cultura, com o objetivo de promover debates e propostas para fortalecer a cultura local. As conferências de cultura são fundamentais para o desenvolvimento de políticas culturais.

A Conferência Municipal teve como coordenadora a militante cultural Néia Brasil que realiza um excelente trabalho junto a secretaria de cultura. Participaram do evento, o prefeito Sandro de Jesus, o vice-prefeito Zé de Alaíde, o Assessor Especial de Assuntos Parlamentares e Federativos da Secretaria-Geral da Presidência da República, Valadares Filho, a Secretária Municipal de Cultura, Marineide dos Santos, os vereadores Tião Victor, Cláudio de Dona Gil e Miminho, o artista Juca Bala, a Secretária de Administração e Planejamento, Bianca Souza, o Secretário de Controle Interno, Cláudio Hiroshy, a Secretária de Meio Ambiente, Daniely Dias, o Secretário de Transportes e Trânsito, Leandro Fontes, o ex-prefeito de Umbaúba, Anderson Farias, além de diversos artistas e servidores do município.

A Orquestra Sinfônica de Cristinápolis sob a regência de Maciel, marcou presença na conferência, que contou com os palestrantes locais e de outras cidades como o diretor teatral Adonnys Diniz,  e a atriz e poetisa Thalita Síntique, ambos da cidade de Estância.

“A cultura do nosso município caminha a passos largos. Estamos construindo todos os meios para a valorização dos nossos artistas, e agora com o presidente Lula tenho certeza que Cristinápolis avançará ainda mais culturalmente, porque nosso povo é fazedor de cultura, é um povo guerreiro, acolhedor e diverso”, disse o prefeito Sandro de Jesus.
Já Valadares Filho que representava o Governo Federal na conferência, deixou claro que a Prefeitura de Cristinápolis, através do prefeito Sandro que realiza um excelente trabalho, tem buscado a todo o momento benefícios para o povo de Cristinápolis: “Trago aqui o abraço do presidente Lula, do ministro Márcio Macedo, da ministra Margareth Menezes e de todos que fazem parte do Governo Federal e dizer que as portas estão abertas para o prefeito Sandro e o povo cristinapolitano”, finalizou.
O vice-prefeito Zé de Alaíde falou do esforço que foi feito para aprovar a Lei Paulo Gustavo na Câmara Municipal já que a oposição havia engavetado o projeto, prejudicando diretamente os artistas do município e reforçou da necessidade de se fazer cultura: “a gente precisa preservar a memória porque o povo sem cultura é um povo sem história”, disse.
“A cultura daqui é totalmente diferenciada, valorosa e agradeço a Secretaria Municipal de Cultura e ao prefeito Sandro pelo apoio e valorização dos artistas locais”, disse o artista Juca Bala.
Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.