Relatório do TCU sobre rombo na Fundação Hospitalar de Saúde chega a PF, MPF e MPE


 

Relatório assinado por técnicos do Tribunal de Contas do Estado aponta desvios de recursos, sobre preços, pagamentos indevidos, dentre outras irregularidades da Fundação Hospitalar de Saúde – FHS.

O rombo é de cerca de R$ 300 milhões. No entanto, o governador Belivaldo Chagas (PSD), em recente entrevista na rádio Jornal FM (91,3), relatou que os desvios podem ter chegado a R$ 800 milhões.

A documentação apresentada pode comprometer de forma negativa muitas empresas e figuras públicas, entre elas um pré-candidato a governador.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.