Sindisa conquista reajuste de 7,5% para trabalhadores da Maratá Sucos


O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Sucos, Amidos, Cervejas, Refrigerantes e afins de Sergipe (SINDISA) realizou assembleia com os trabalhadores da Indústria Maratá Sucos, situada em Estância, durante esta semana, e fechou acordo para diversas conquistas, entre elas o reajuste de 7,5% nos vencimentos dos trabalhadores.

Conduzida pelo presidente do Sindisa, Artur Oliveira, a assembleia foi responsável pela aprovação da proposta de acordo coletivo para 2023 que inclui piso salarial de 1,3 salário mínimo, dos quais ficam: R$ 1.692,00, sendo R$ 211,95 de cesta básica e gás e R$ 1.480,65 de salário na CTPS.

“Foi uma grande vitória para esses trabalhadores e o Sindisa teve participação fundamental no debate e diálogo entre a categoria e os patrões. Saímos satisfeitos da assembleia e com a certeza de que a missão foi cumprida”, exaltou Artur Oliveira.

Vitórias em 2023

Além da negociação positiva na empresa Maratá Sucos, o Sindisa já havia conseguido fechar outros dois acordos coletivos que culminaram em vitórias para os trabalhadores: Nas fábricas TopFruit e Duas Rodas.

Na primeira foi acertado um reajuste de 6% e um piso salarial de 1,3 salário-mínimo. Na segunda, ficou combinado também o valor de 6% e a manutenção de todas as cláusulas do acordo anterior.

“Iniciamos 2023 com muitas vitórias e a perspectiva de um ano muito proveitoso para a classe trabalhadora. Vamos continuar na defesa da categoria e estaremos sempre a disposição dos nossos filiados”, completou o presidente Artur.

Ascom Sindisa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.