SINDSEME emite Nota de Repúdio contra a Secretaria Municipal de Educação de Estância


 

O Sindicato dos Servidores Municipais de Estância e Arauá, nesta sexta-feira, 11, emitiu uma nota de repúdio contra a gestão do Prefeito Gilson Andrade, acusando a Secretaria Municipal de Educação de impor uma jornada de trabalho excessiva aos profissionais gerais da educação ao implantar o sábado letivo.

 

Veja a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

O Sindseme vem a público denunciar a IMPOSIÇÃO da Secretaria da Educação de Estância, que lançou o calendário letivo de 2022 com uma JORNADA DE TRABALHO que excede a jornada habitual dos profissionais gerais da EDUCAÇÃO a partir da implantação do sábado letivo.

A secretaria da gestão GILSON ANDRADE repete a postura ANTIDEMOCRÁTICA na relação com o sindicato, mas esquece que o PENALIZADO é o SERVIDOR.

Diante do quadro crítico e antidemocrático, Sindseme cobra que a secretaria DISCUTA com o sindicato e que a hora excedente (Sábado Letivo) seja NEGOCIADA e PAGA.
.
.
#SindsemeNaLuta ✊🏽

 

Por Cláudio Hiroshy

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.