A TENDÊNCIA “MILITÂNCIA SOCIALISTA” DO PT É LANÇADA EM SERGIPE


Sergipe tem um novo agrupamento político ligado ao Partido dos Trabalhadores. Na noite de quarta-feira (24), na sede do partido, em Aracaju, foi lançada, junto com um Manifesto, a tendência Militância Socialista, que já nasce com a força de conhecidos militantes históricos do PT, oriundos do movimento sindical, social e popular, como a ex-deputada estadual e professora, Ana Lúcia Menezes; o também professor, ex-deputado federal e ex-vereador de Aracaju, atualmente deputado estadual, Iran Barbosa; Plínio Pugliese, servidor do Poder Judiciário e vice-presidente da Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT-SE); a professora Ângela Melo, dirigente da CUT nacional; Itanamara Guedes, assistente social e presidente da Federação dos Trabalhadores e trabalhadoras do Serviço Público Municipal (FETAM); Thiago Oliveira, advogado e reconhecido militante do Movimento Nacional de Direitos Humanos, entre tantos outros valorosos petistas da Capital e do interior, que se fizeram presentes à solenidade de lançamento da nova corrente socialista do PT.

Também prestigiaram a solenidade e fizeram parte da mesa de abertura o vice-presidente nacional do partido, Márcio Macedo; o deputado federal e presidente do PT de Sergipe, João Daniel; o presidente do PT de Aracaju, Jefferson Lima; o vereador da Capital, Camilo Lula; e a professora doutora Alexandrina Luz, da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Os convidados que ocuparam a mesa fizeram suas saudações aos presentes e desejaram sucesso à caminhada dos componentes dessa nova corrente política do PT em Sergipe. Os demais membros da tendência Militância Socialista fizeram falas buscando divulgar e analisar o conteúdo do Manifesto de lançamento da corrente e destacar os princípios que unificam os companheiros e companheiras que a integram.

O deputado estadual Iran Barbosa agradeceu a presença dos companheiros e companheiras da tendência, do partido e também dos simpatizantes que participaram do lançamento da nova tendência petista. Para o parlamentar, a MS vem para fortalecer o PT, como partido de esquerda, e também as lutas sociais e da classe trabalhadora no estado de Sergipe.

“Agradecemos pela presença daqueles que vieram e aos que estão se somando a essa nossa nova caminhada pela confiança no trabalho que este agrupamento desempenha, e continuará desempenhando, compreendendo a sua importância não só para o partido, mas para a luta social mais ampla que fazemos em defesa da coletividade e dos trabalhadores, porque somos um grupo de pessoas que acreditam na política como instrumento de transformação social”, disse.

Por George W. Silva

Foto assessoria

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.